Aldeia do Povo Arara recebe sistema de energia gerado por placas solares

Nesta quinta-feira,11, a aldeia Raimundo do Vale do Povo Shawãdawa viu pela primeira vez as luzes da comunidade se acenderem através do sistema gerado por placas solares.

A aldeia está localizada  no rio Cruzeiro do Vale, afluente do Juruá no município de Porto Walter-AC.

O projeto foi proposto pela Cooperativa Pushuã do povo Arara e recebeu o apoio do Governo do estado do Acre através da Secretaria de Meio Ambiente, com financiamento do BID com orçamento previsto no Programa de Desenvolvimento Sustentável do Estado do Acre.

Foto: Bento Marques

Txãda Shawã, vice-presidente da Cooperativa Pushuã, explica que as quarenta placas solares serão utilizadas para gerar a energia para dez residências e para o

 

beneficiamento de babaçu. “A cooperativa vem trabalhando durante o ano de 2017 na capacitação da comunidade para trabalhar com o ‘cocão’ e na construção das estruturas para beneficiamento.

Segundo Txadã, antes do sistema o uso de geradores movidos à diesel iluminavam apenas poucas residências da comunidade, mas com o ônus do alto custo do óleo diesel, da emissão de poluentes e da poluição sonora dos motores em funcionamento.

“Também foi feita uma pesquisa de mercado sobre o óleo do cocão, então neste ano de 2018 já vamos extrair e buscar a sua comercialização’, explica.

Óleo de babaçu, o popular ‘cocão’: aplicação cosmética e alimentícia de um produto da floresta. Imagem Ilustrativa. Internet

O óleo de Cocão, comercialmente mais conhecido como babaçu, é largamente empregado na indústria cosmética, com aplicações também na indústria alimentícia.

Nos sites de venda pela Internet é possível se encontrar embalagens de cerca de 120 mls de óleo de babaçu destinado ao uso na pele e cabelos, pelo valor de até R$118,00.

Fotos: Bento Marques

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *