Idoso confunde esposa com assaltante e a mata com tiro

Ao achar que a casa estava sendo invadida por assaltantes, um idoso de 67 anos acabou atirando e matando a própria esposa, de 54. O caso, que ocorreu na madrugada desta segunda-feira (12), está sendo investigado pela polícia, mas é tratado como legítima defesa putativa (quando alguém acredita estar apenas se defendendo).

“Não cabia naquele momento agravar a situação daquele senhor, por isso, optei por liberá-lo”, contou o plantonista Ricardo Milsesi, da Delegacia de Caçapava do Sul, no Rio Grande do Sul.

Conforme o Extra, Fátima Lopes Oleques ouviu um barulho no quintal e levantou para verificar. Ao acordar, o homem se assustou quando alguém entrando no quarto e efetuou um disparo com um revólver de calibre 22. Só então percebeu que a esposa não estava na cama. Fátima Lopes foi atingida no peito, e faleceu no local. O idoso chegou a chamar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Em choque, o homem, que teve o nome preservado, foi levado para a delegacia. Conforme o delegado, agentes periciaram a casa e o relato do idoso foi considerado “verossímil”. A arma, que foi entregue pelo idoso à polícia, não era registrada. “Eram pessoas de bem, reconhecidas no meio social. Tudo leva a crer que houve a situação descrita pelo idoso”, contou. Com informações de Notícias ao Minuto.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *