Minas Gerais: Mulher confessa ter matado grávida para roubar bebê

Uma mulher de 37 anos que mora em Uberlândia (MG) confessou ter matado uma grávida para roubar o bebê em depoimento prestado à Polícia Militar nesta terça-feira (5). De acordo com informações do G1, a suspeita contou ter pesquisado como realizar uma cesárea antes do crime. A vítima, identificada como Gabrielle Barcelos Silva (foto), 18, tinha oito meses de gestação.

Segundo o boletim de ocorrência do caso, Gabrielle foi atraída com a promessa de receber roupas para o bebê. Chegando na casa onde aconteceu o crime, na terça (5), ela foi dopada. A suspeita usou um estilete para retirar o bebê.

O corpo da jovem foi encontrado pelo filho da suspeita, que viu marcas de sangue pela casa e localizou Gabrielle enrolada em um colchão no fundo do quintal. O adolescente de 14 anos chamou a polícia.

No mesmo horário, a polícia foi informada sobre uma mulher e um bebê que deram entrada no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). A paciente dizia ter feito um parto em casa. No entanto, os médicos desconfiaram da história porque a mulher não aparentava ter passado pelo procedimento. Após ser questionada, ela acabou confessando que o bebê não era dela.

A suspeita contou ser ameaçada pelo marido após sofrer um aborto de gêmeos. Após perder os bebês, ela teria começado a montar um plano para conseguir um recém-nascido. A mulher disse, ainda, que o marido era cúmplice do crime. Ele também foi detido, mas nega participação.

O bebê, de sexo feminino, foi internado em estado grave no hospital. A criança ficará sob responsabilidade do pai e da família de Gabrielle. O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML). Com informações de Notícias ao Minuto.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *