Rio Branco, Acre, 28 de novembro de 2020

Luxemburgo é demitido de clube da segunda divisão chinesa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O período de Vanderlei Luxemburgo no futebol chinês terminou neste domingo (5), já noite na China. O treinador não resistiu à nova derrota do Tianjin Quanjian na segunda divisão chinesa e foi demitido do comando do clube.

Sua saída foi confirmada após uma reunião com o presidente do clube, Shu Yuhui, e integrantes da diretoria. Há rumores de que o Tianjin já teria um substituto na mira.

Contratado ao final de 2015, Luxemburgo contava com reforços brasileiros, como Luís Fabiano, Geuvânio e Jadson, e jogadores da seleção da China, para tentar conduzir a equipe à elite. Porém, até o momento, a equipe não passa da oitava colocação em 12 rodadas, com quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

Seu desligamento ainda não significará o fim das conversas com os dirigentes chineses rapidamente. O técnico negocia a multa rescisória pelo fim de seu contrato, avaliada em 6,7 milhões de euros (em torno de R$ 27 milhões).

 

Da Redação.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.