Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Vídeo em celular mostra menor implorando para não ser estuprada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A polícia encontrou em um vídeo registrado no celular de Raí de Souza um apelo da jovem de 16 anos estuprada duas vezes no Morro da Barão, na Praça Seca. O jovem de 22 anos gravou a violência ocorrida nos últimos dias 21 e 22 de maio. No segundo ato, ela ainda foi humilhada por um dos criminosos com xingamentos. Segundo a polícia, foram 36 horas que ela passou na mão de criminosos.

Além do vídeo que já havia sido publicado, uma outra gravação feita, juntamente com outros dois traficantes, mostra as cenas e os algozes introduzindo, inclusive, objetos nas partes íntimas da menina desacordada.

Raí e Raphael Assis Duarte Belo, de 41, continuam presos. Raí foi ligado ao crime porque chegou a admitir que seria responsável por gravar o vídeo que mostra a jovem nua e desacordada, mas, dias depois, mudou sua versão. Já Raphael aparece no vídeo fazendo uma selfie com a vítima desacordada ao fundo.

No novo vídeo, há a comprovação da participação de, além de Raí e Raphael, Moisés Camilo de Lucena, conhecido como Canário, e Jefinho, ambos foragidos.

 

Da Redação.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.