Rio Branco, Acre, 28 de outubro de 2020

Ações judiciais relacionados à Telexfree devem ser dirigidas ao TJAC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A juíza de Direito Thais Khalil, titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, comunica (veja na íntegra) aos interessados que qualquer pedido de habilitação, certidão, informação, baixa, bloqueio e/ou penhora de valores – relacionados à Empresa Ympactus Comercial S/A – Telexfree -, deve ser dirigido ao Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC).

A medida se dá em razão da remessa dos autos da Ação Civil Pública nº 0800224-44.2013.8.01.0001 ao TJAC (2º Grau de jurisdição), face à interposição de recursos de apelação, apresentado por ambas as partes envolvidas no processo.

Também é necessária devido ao término da jurisdição do 1º grau sobre atos processuais que envolvem os autos citados, até deliberação da respectiva Corte Superior quanto à admissibilidade e o mérito dos Recursos, bem como tendo em vista a quantidade expressiva de requerimentos e ofícios protocolados equivocadamente na Vara – solicitando informações diversas e habilitação de terceiros interessados no respectivo processo.

A magistrada também informou que, ainda, que de acordo com o comunicado publicado pela Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Acre, (em 10 de dezembro de 2015), os Autos da Ação Cautelar nº 0005669-76.2013.8.01.0001, também relacionados à Telexfree, foram remetidos às Cortes Superiores (STF e STJ), face à interposição de Recursos Extraordinário e Especial, respectivamente, para onde deverão ser dirigidos quaisquer pedidos pertinentes ao referido processo.

 

Fonte: TJAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.