Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

Padre é preso após estuprar idosa de 70 anos na França

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Um padre foi preso acusado de estuprar uma idosa de 70 anos na França, informaram autoridades do país nesta terça-feira (7). Édouard Tognon, de 50 anos, está detido desde a segunda (6). Ele era reponsável pelas paróquias de Fleurance e Mauvezin, no sudoeste do país. As informações são da AFP.

“Ele foi afastado de todos os deveres pastorais” disse, em coletiva de imprensa, o arcebispo de Auch, Maurice Gardes. O clérigo se referiu ao incidente como um “fato doloroso”. Gardes afirma que o padre mantinha boa imagem entre os fieis antes do crime.

Segundo a polícia, os crimes aconteceram em 4 de setembro do ano passado. O arcebispo da região recebeu duas reclamações, uma feita pela vítima e a outra por um homem. Ambas ligavam o abuso ao nome de Tognon, que tem origem beninense.

Na França, a Igreja católica vem enfrentando polêmicas recentes sobre abusos sexuais. O arcebispo de Lyon, Philippe Barbarin, foi acusado de acobertar casos de pedofilia e agressões. Em resposta, a hierarquia anunciou medidades para apurar os fatos entre seus membros.

 

Com informações de AFP.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.