Rio Branco, Acre, 27 de setembro de 2020

Ministro do STF libera denúncia contra deputado do PP na Lava Jato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator da Lava Jato, Teori Zavascki, liberou, nesta sexta-feira (10), para a pauta de julgamentos, denúncia contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR) e seus dois filhos, Nelson Meurer Junior e Cristiano Augusto Meurer. Caso a denúncia seja aceita, os três acusados se tornarão réus em uma ação penal.

Segundo informações do Extra, as investigações apontam que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e a cúpula do PP receberam, entre 2006 e 2014, R$ 357,9 milhões de dinheiro desviado de contratos de empreiteiras com a estatal. Desse total, R$ 62,1 milhões eram guardados em um “caixa de propinas” administrado pelo doleiro Alberto Youssef. Um dos maiores beneficiados com o esquema de desvios foi Meurer. No mesmo período, ele recebeu R$ 29,7 milhões. A quantia foi dividida em 99 repasses de R$ 300 mil mensais.

De acordo com a publicação, Janot acusou Meurer de ter comedido corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além disso, construtora Queiroz Galvão transferiu R$ 500 mil a Meurer em dois repasses. Para a Procuradoria Geral da República, era “propina disfarçada de doação eleitoral oficial”.

Em troca do dinheiro, Meurer e a cúpula do PP trabalhavam politicamente para manter Paulo Roberto Costa no posto.

 

Com informações de Notícias ao Minuto.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.