Rio Branco, Acre, 27 de outubro de 2020

Vizinho é acusado de matar e enterrar corpo de criança no Amazonas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O corpo de Jhuliany Souza da Silva, de 7 anos, foi encontrado na madrugada desta segunda-feira (13).  Ela foi enterrada no quintal de uma residência vizinha da casa da família da vítima, no bairro Novo Aleixo, Zona Leste de Manaus. Jhuliany estava desaparecida desde a sexta-feira (10). Um vizinho de 25 anos é suspeito do crime.

De acordo com informações repassadas pela Policia Civil, o corpo foi encontrado por um cachorro, no quintal da residência do suposto assassino, um homem de 25 anos, no beco Jeri.

Local onde corpo da criança foi encontrado (Foto: Ive Rylo/G1 AM)Por volta de 00h, a mãe do suspeito foi até o quintal recolher a roupa do varal, quando percebeu a agitação do cachorro da família, que não parava de fuçar e cavar em determinado ponto. Quando a mulher chegou perto, viu os pés da menina para fora de um buraco.

De acordo com os investigadores, a mulher ficou desesperada e chamou o irmão, que acionou a Polícia. Extremamente comovida, a mulher chegou a desmaiar e ficou em estado de choque.

No momento que encontraram o corpo, o suspeito estava em casa, mas, segundo a Polícia, foi informado por um irmão dele para fugir, antes que fosse preso.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi responsável em remover o corpo da criança, que foi enterrada de bruços e com as pernas dobradas sobre as costas. ” O corpo estava em estado de decomposição. O cheiro era forte. Ela foi colocada em um buraco que foi tampado com areia, azulejo, tijolo e ainda colocou uma planta em cima”, disse o funcionário do IML.

A menina estava vestida com a farda do Colégio e uma sandália. Segundo a Polícia, há indícios que ela tenha sido estuprada e sufocada até a morte. O corpo foi encaminhado ao IML. Os investigadores da Delegacia Especializada em homicídios e Sequestros (Dehs) investigam o caso.

 

Do portal G1.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.