Rio Branco, Acre, 25 de outubro de 2020

Contra o Atlético-MG, Corinthians inicia uma nova era sem Tite

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Corinthians inicia nesta quarta-feira uma nova era diante do Atlético Mineiro, às 21h45, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 10.ª rodada do Campeonato Brasileiro. No lugar de Tite, novo técnico da seleção brasileira, estreia Cristóvão Borges, que chega sem fazer grandes mudanças, mas tendo que lidar com alguns problemas.

A tabela de classificação demonstra uma falsa tranquilidade. O time é o quarto colocado com 16 pontos e a rodada pode fazê-lo se aproximar dos líderes. Mas uma derrota poderá fazer a equipe cair bastante. Para evitar o início ruim no novo trabalho, Cristóvão Borges trás como grande novidade o segredo.

Ao contrário de seu antecessor, que fazia treinos abertos para a imprensa e raramente não divulgava o time que iria a campo, Cristóvão Borges decidiu fechar o treinamento desta terça-feira e não quis antecipar quem joga. Porém, algumas pistas deixaram a sensação de que não devem ocorrer alterações.

“Eu sou volante e continuarei sendo. Tivemos um treino tático, mas não deve mudar muita coisa. Vou ter a liberdade que tinha com o Tite, onde eu marcava e saia jogando. É pouco tempo de trabalho, mas a princípio é a mesma função”, explicou o volante Bruno Henrique, autor de dois gols contra o Botafogo na última rodada.

A tendência é o time ser quase o mesmo que derrotou o Botafogo, sob o comando do interino Fábio Carille. As diferenças são a saída do zagueiro paraguaio Balbuena (suspenso) e o possível retorno de Giovanni Augusto, cortado minutos antes da partida contra os cariocas por causa de um desconforto muscular na coxa direita.

Após o treino desta terça-feira, Cristóvão Borges teve uma conversa reservada com o também paraguaio Romero, que não vive um bom momento no clube, mas deve ser mantido no ataque.

O dia começou com a possibilidade do Corinthians jogar com Caíque, de 21 anos, no gol e ter uma dupla de zaga formada por Pedro Henrique, de 21, e Léo Santos, de 17. Uma defesa muito jovem para encarar a experiência de Fred e Robinho. Mas o goleiro Cássio, recuperado de um mal-estar, treinou normalmente, assim como Vilson, recuperado de um edema na coxa direita.

Apesar das boas notícias, são nove desfalques para o novo treinador corintiano administrar. Balbuena está suspenso e estão no departamento médico Walter, Matheus Vidotto, Yago, Cristian, Elias, Danilo, André e Bruno Paulo. Apesar das dificuldades, Cristóvão Borges já começa a cativar os jogadores. “Ele é um cara muito centrado e tem passado confiança ao grupo. Acredito que o bem estar dentro do clube, que tínhamos com o Tite, deve continuar”, opinou Bruno Henrique.

 

Com informações do Estadão Conteúdo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.