Rio Branco, Acre, 31 de outubro de 2020

Marcus Alexandre inaugura Terminal de Integração

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O prefeito Marcus Alexandre inaugurou nesta sexta-feira, 24, o Terminal de Integral do Bairro Adalberto Sena, o 4º construído em sua gestão. O terminal foi edificado com recursos de emenda parlamentar do senador Jorge Viana com contrapartida da Prefeitura de Rio Branco. A obra demandou valores que chegam a R$ 647.525,63, sendo R$ 32.908,33 em recursos próprios e R$ 614.617,30 em convênio com o Ministério das Cidades. “Ainda bem que nestes tempos difíceis temos um prefeito como Marcus Alexandre”, disse o senador Jorge Viana, referindo-se à boa aplicação dos recursos públicos no município de Rio Branco.

Além de Viana, estiveram presentes o deputado federal Raimundo Angelim e a deputada federal Erika Kokay, do Distrito Federal, que encontra-se em Rio Branco para ministrar palestras. “Estou encantada com o que o vejo aqui nesta capital do Acre. É um modelo que temos de levar para todo o País”, disse a parlamentar. Ela observou um aspecto novo dos Terminais de Integração de Rio Branco, que é o bicicletário: “O ciclista pode fazer conexão com o ônibus”, lembrou. “Estou muito feliz em ver que o prefeito Marcus tem dado especial atenção ao tema mobilidade, que está entre os três desafios da gestão no mundo inteiro”, disse Angelim.

Os vereadores Manoel Marcos, Roselane Jardim, Roger Correa, Gabriel Forneck (Líder do Prefeito na Câmara Municipal de Rio Branco), Fernando Martins e Alonso Andrade e mais de vinte presidentes de bairros da parte alta da cidade também estiveram presentes. “Rio Branco passou vinte anos com um terminal e agora temos quatro, mas o trabalho para melhorar o sistema de transporte público continua”, disse o prefeito.

O Terminal de Integração do Adalberto Sena tem área construída de 552,36 metros quadrados, mas a área total de intervenção é de 1.506,00 m2. A construção contempla projeto moderno e totalmente acessível, em estrutura metálica, plataforma para embarque e desembarque com 78 metros; sala operacional; sanitários acessíveis, fraldário; calçadas de acesso a pedestres; bicicletário; bancos para espera, lixeiras, bebedouro e revistaria compartilhada; iluminação interna eficiente com lâmpadas de led; iluminação externa com posteamento galvanizado e paisagismo no entorno.

Vários letreiros são traduzidos para o inglês e espanhol e a sinalização facilita a vida da pessoa com deficiência. As cinco linhas que passam pelo Terminal do Adalberto Sena se integram entre si, segundo confirmou o diretor de Transportes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Rio Branco (RBTRANS), Jeferson Bissat. Trata-se do terminal com maior volume de integração do sistema.

No Terminal de Integração do Adalberto Sena o sistema será fechado, ou seja, para acessá-lo o usuário deverá passar pelas catracas. São duas catracas de entrada e saída. Nesse terminal irão operar as seguintes matrizes de integração: 203 – Alto Alegre/Adalberto Sena, 205 – Irineu Serra, 703 – Wanderley Dantas; 707 – IFAC/Universidades com 201 – Tancredo Neves; 205 – Irineu Serra, 703 – Wanderley Dantas, 707 – IFAC/Universidades, 201 – Tancredo Neves com 203 – Alto Alegre/Adalberto Sena; 201 – Tancredo Neves, 203 – Alto Alegre/Adalberto Sena, 703 – Wanderley Dantas, 707 – IFAC/Universidades, 201 – Tancredo Neves com 703 – Wanderley Dantas; e 203 – Alto Alegre/Adalberto Sena, 205 – Irineu Serra, 703 – Wanderley Dantas, 201 – Tancredo Neves com IFAC/Universidades.

Esse Terminal de Integração permite que os demais terminais, da CEASA, UFAC e Cidade do Povo sejam integrados sem necessidade de se recorrer ao Terminal Central. Este quarto Terminal de Integração possibilita maior comodidade aos usuários do transporte coletivo, sobretudo para os estudantes que poderão se deslocar a outras regiões da cidade, como universidades e escolas sem a necessidade de passar pelo Terminal Urbano, no Centro ou de pagar por uma nova passagem. “A linha IFAC/Universidades irá passar aqui, o que não acontecia antes deste terminal”, disse Jeferson Bissat, diretor de Transportes da RBTRANS.
Integração com 250 mil passagens ao mês

O Terminal de Integração do Adalberto Sena faz o sistema público de transporte coletivo alcançar 75% de integração interbairros. Com o advento do Terminal do São Francisco, que está em obras, toda Rio Branco estará integrada. São estimadas 250 mil passagens ao mês pelo terminal nas 21 possibilidades de integração que ele oferece em cinco linhas.

Além de tudo, o Terminal de Integração do Adalberto Sena é vizinho da unidade de saúde Roney Meireles e anexo de um ponto de moto-táxi, tudo para facilitar a vida dos usuários, que podem contar também com o projeto Integrando a Leitura, criado pela primeira dama do Município, engenheira Gicélia Viana. Uma estante com livros, revistas e outros materiais de leitura está disponível para que o passageiro leia durante a viagem e devolva no próximo terminal ou leve consigo para casa, trabalho ou escola.
Lançamento do app Moovit que mostra em tempo real as linhas de ônibus

A inauguração do Terminal de Integração do Adalberto Sena marcou também o lançamento do aplicativo Moovit em Rio Branco. Trata-se de um app gratuito para Android, IOS e Windows Phone especialmente projetado para quem utiliza transporte público. Nele, é possível traçar a rota até seu destino, baseado em informações em tempo real. Com isso, o usuário irá monitorar o percurso que o ônibus está fazendo, evitando que fique muito tempo na parada. A apresentação das funcionalidades do app foram expostas pelo representante da Moovit no Acre, Robledo Gomes.

Em Rio Branco o app monitora 60 linhas de ônibus e 1.881 pontos de parada. Além de Rio Branco, as cidades que já estão operando com ele são, por exemplo: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza, Campinas, Bauru, Itajaí e João Pessoa. O app está em mais de 1.000 cidades e conta com 40 milhões de usuários.

A interface do Moovit possui GPS, que encontra a localização do passageiro e em seguida define o destino. Ele irá oferecer algumas rotas e o tempo estimado para chegada. Basta clicar em um deles para obter as informações necessárias. Se quiser, o usuário pode estabelecer a linha preferencial e acompanhar em tempo real o fluxo do ônibus.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.