Rio Branco, Acre, 26 de outubro de 2020

Cunha é o único denunciado na Lava Jato e alvo do Conselho de Ética

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A Operação Lava Jato já denunciou 13 parlamentares, mas somente um — Eduardo Cunha, réu em duas ações — foi alvo de representação dos pares no Conselho de Ética.

A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, destaca que até mesmo Nelson Meurer (PP-PR), o segundo réu da operação, passou despercebido pela Câmara.

O Conselho já foi acionado pelos parlamentares, em 2015 e 2016, até por ofensas em plenário, mas eles deixaram passar as acusações da Procuradoria-Geral da República. “O conselho está morto”, comentou um procurador.

A publicação também refere que os integrantes do centrão consideram que uma vitória de Rogério Rosso (PSD-DF) para um mandato tampão na presidência da Câmara seria uma prepararação para a eleição de Jovair Arantes (PTB-GO) ao posto em 2017.

Porém, o PMDB não deve concordar com isso: “Um acordo agora é possível. Não pode haver ruído. Mas, em 2017, a bancada certamente reivindicará a cadeira”, disse um interlocutor ouvido pela coluna.

 

Com informações de Notícias ao Minuto.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.