Rio Branco, Acre, 29 de setembro de 2020

Homem diz ter sido estuprado enquanto trabalhava em Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Um trabalhador rural de 59 anos procurou a Delegacia Geral de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, para denunciar que foi estuprado enquanto trabalhava em um sítio no fim de semana. Ainda muito abalado, o diarista conta que sofreu um desmaio enquanto cumpria algumas tarefas e quando acordou, o dono do sítio, que tinha lhe contratado, estava em cima dele.

“De vez em quando eu tenho uns desmaios. Foi nessa hora que ele [suspeito] se aproveitou para fazer o que foi feito. Tenho 59 anos e isso nunca aconteceu comigo. Quero cadeia para ele e medicamentos que preciso tomar”, conta o trabalhador, que prefere não se identificar.

A vítima diz que foi contratada para fazer um serviço no sítio, que fica localizado na BR- 307, em Cruzeiro do Sul. Envergonhado, ele conta que, além da prisão do suspeito, quer uma indenização. “Estou muito triste e envergonhado”, lamenta.

A vítima deve passar por um exame de corpo de delito para comprovar o estupro. O delegado responsável pelo caso, Elton Futigami, informou que a delegacia não vai se pronunciar sobre o caso. “As investigações estão em curso e o senhor vai ser encaminhado para a IML”, se limitou a informar.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.