Rio Branco, Acre, 24 de setembro de 2020

Qual é a hora de falar a real e contar que está afim?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Os usuários do site Par Perfeito participaram de uma pesquisa no qual tiveram que responder a fatídica pergunta: falo ou não falo que estou a fim? A dúvida assombra todos os solteiros sempre que conhecem alguém. Entre os mais novinhos, que têm entre 26 e 33 anos, 45% escolheram como primeira opção esperar para fazer isso quando já têm certeza de que ela também está a fim, 23% investem em ganhar um pouco mais de intimidade para depois se declarar, 20% preferem tirar a dúvida, já que chegam nela para saber de uma vez por todas o que está rolando e 13% fazem isso só quando acham que ela ainda não percebeu as intenções dele.

Já as respostas dos homens de meia idade (34 e 41 anos) não foram muito diferentes, mas a segunda opção, escolhida por 21%, foi: tomam a iniciativa mesmo quando não tem certeza se ela está na dele, e a terceira alternativa, assinalada por 18% deles, foi se declarar porque acha que ela não entendeu as reais intenções dele. Apenas 16% deixam para falar sobre isso depois que já têm intimidade com ela. Por fim, os mais velhos, na casa dos 42 até 49 anos, se mostram mais indecisos sobre a hora certa: 36% aguardam ter certeza que ela corresponderá, 23% tem como objetivo tirar a dúvida sobre ela querer ou não, 23% falam depois que já têm mais liberdade e 17% usam essa tática quando acham que não está claro o que ele quer.

E as mulheres? Quando resolvem que devem tomar a iniciativa? A resposta de 50% das que têm entre 26 e 33 anos é: falam claramente o que querem quando estão certas que ele também está a fim, 30% deixam para o momento que sentem já ter mais intimidade para falar abertamente sobre o assunto e 10% foi a porcentagem que escolheu a opção quando acham não estar claro as intenções dela para eles e as outras 10% fazem isso para tirar de vez a dúvida porque não entenderam qual é a dele. O público feminino de meia idade, entre 34 e 41 anos, tem um comportamento parecido: 57% delas tomam a atitude quando têm certeza que ele quer também, mas 16% delas preferem falar a real quando estão na dúvida sobre as intenções dele, e 14% usam essa tática quando sentem que tem intimidade suficiente para isso, assim como 14% acham que é melhor falar claramente o que desejam quando estão em dúvida se ele está a fim!

Entre as mulheres mais maduras, que estão entre os 42 e 49 anos, 40% apostam quando estão certas da reciprocidade, enquanto 23% chegam nele para saber se ele está ou não a fim e 23% quando acham que é a hora de falar porque ele não percebeu ainda o que ela quer. A opção falar só depois que já tem intimidade com ele foi escolhida apenas por 13% delas.

“O interessante é que se realmente estiver a fim não importa quem dará o primeiro passo, mas a iniciativa é tomada quando já está claro que o outro também quer”, comenta Clarissa Assumpção, diretora de marketing do grupo Match. “Obviamente, nessa hora dá aquele frio na barriga, mas o recomendado é sempre mostrar suas intenções o quanto antes para saber se o outro também quer o mesmo que você. E se a resposta não for o que você espera, bola para frente”, brinca.

 

Por Lifestyle.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.