Rio Branco, Acre, 26 de outubro de 2020

Deputados aprovam redução de 20% no salário de Tião Viana e secretários

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Após ser aprovado na Comissão Mista composta pela Comissão de Orçamento e Finanças (COF) e a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), os parlamentares aprovaram, em plenário, nesta quarta-feira (6), o Projeto de Lei de n° 77/2016, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre, que reduz em 20% o subsidio pago ao governador Tião Viana (PT).

A proposta teve como relatora a deputada Leila Galvão, que concedeu parecer favorável à matéria. Em seu parecer, a parlamentar destacou que o PL está de acordo com as disposições financeiras e orçamentárias, não havendo impedimento constitucional para a sua aprovação. “Por estar de acordo com as disposições orçamentárias e financeiras, votamos pela aprovação da matéria”, salienta.

Outra propositura que teve aprovação foi o Projeto de Lei Complementar nº 6/2016, de autoria do Poder Executivo. De acordo com a matéria, fica temporariamente reduzida a remuneração dos cargos em comissão no âmbito da administração direta e indireta do Estado.

O líder do governo, deputado Daniel Zen (PT), disse que a iniciativa do governo não é uma medida isolada, mas que o Parlamento acreano faz parte desse processo. Ele citou outras medidas adotadas pelo Executivo para a contenção de gastos.

“O Estado do Acre é um dos únicos estados que mantém a folha de pagamento em dia dos seus funcionários. Essa medida não veio sozinha. Essa medida passa pelo Parlamento. Ela vem acompanhada de outras medidas como a redução do aluguel de imóveis, redução em 30% do quadro de terceirizados, entre outras”, cita o parlamentar.

Já a relatora da proposta, deputada Eliane Sinhasique (PMDB), parabenizou a iniciativa do Executivo, mas destacou que é necessário continuar com a política de economia e reduzir, por exemplo, repasses para a mídia.

“Essa medida poderia ser estendida para outras áreas. Não vemos campanhas publicitárias que eduquem, mas que apresentam um Acre que não é real. Entendo que precisamos economizar, sim”, argumenta.

 

Agência Aleac

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.