Rio Branco, Acre, 28 de outubro de 2020

Governo intensifica combate ao desmatamento e incêndios florestais no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

“Não há como o governo não ficar sabendo quando um produtor desmatar ou queimar”, disse o secretário de Estado de Meio Ambiente (Sema), Carlos Edegard de Deus, em reunião com o governador Tião Viana e o diretor do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), Paulo Viana. O encontro se deu nesta sexta-feira, 8, quando foram tratados detalhes sobre a intensificação da ação do Estado no combate ao desmatamento e queimadas florestais no Acre.

Mesmo com o agravante da seca deste ano, que dá indícios de que será a maior da história, o governo já tem dado sinais de que será mais rigoroso em crimes contra o meio ambiente. A fiscalização a cargo do Imac tomará maiores proporções em conjunto com o Batalhão Ambiental da Polícia Militar.

“Estamos desde abril com as equipes de fiscalização. Se porventura detectarmos e confirmamos os crimes ambientais, as propriedades sofrerão seus autos de infração, os proprietários serão penalizados, as áreas serão embargadas e a até medidas extremas como abertura de processo criminal serão feitas”, explica Paulo Viana.

Para a fiscalização e combate serão utilizados avião, helicóptero, equipes em campo e imagens via satélite atualizadas diariamente. O Imac contará ainda com o apoio da Sema, Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O secretário Carlos Edgard reforça que há anos o governo tem apresentado técnicas inovadoras e incentivos para que os produtores não precisem mais utilizar dessas práticas. “Não é apenas porque entramos num drástico período de seca, nós queremos simplesmente zerar o desmatamento no Acre. O governo tem dado novas oportunidades para os produtores e já temos áreas abertas o suficiente no estado para a produção rural”, conta.

 

Com informações da Agência de Notícias do Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.