Rio Branco, Acre, 28 de outubro de 2020

Homem é acusado de matar professora após show das ‘Coleguinhas’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Agentes da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio prenderam nesta segunda-feira (11), João D.C (20), vulgo “Joãozinho”, principal suspeito de matar a professora Ângela Maria Veloso da Silva durante tentativa de assalto. O crime aconteceu no estacionamento da casa de shows Talismã 21, localizada na Avenida Mamoré, bairro Cascalheira, região Leste de Porto Velho, após o show da dupla sertaneja Simone e Simaria, “As Coleguinhas”, no dia 15 de maio.

O acusado foi preso na residência dos pais no bairro Eletronorte, região Sul. Na delegacia Joãozinho assumiu o crime e disse que praticou junto com comparsas, que estão foragidos. O homem informou, que abordou um grupo e diante de ameaças praticadas com uma escopeta, exigiu joias e outros objetos de valores. Ângela se aproximou com um grupo de amigos, quando o acusado atirou. O disparo atingiu a mulher no olho que morreu na hora.

O suspeito apresentou a arma do crime uma escopeta calibre 6,35 que foi apreendida. Joãozinho confessou o crime na presença de um advogado e depois de prestar esclarecimentos foi conduzido para o complexo penitenciário. A polícia está em busca de informações para prender os outros envolvidos.

 

Com informações de Rondoniaovivo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.