Rio Branco, Acre, 31 de outubro de 2020

Em meio a críticas, Anitta fala sobre participação na Olimpíada

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Anitta já está ensaiando a coreografia para a abertura da Olimpíada, no dia 5 de agosto, no Maracanã. Em meio a críticas nas redes sociais em torno da sua escolha, a cantora promete brindar o público com “uma apresentação incrível”.

— É a realização de um sonho. Um passo muito grande. É muito emocionante saber que apostaram na minha imagem e no meu trabalho para um acontecimento tão grandioso — afirma a poderosa, sem dar pistas sobre a escolha da música e do figurino usado no show.

Antes mesmo do anúncio, a artista já estava associada aos jogos. Será ao som de uma versão remixada da música “Show das Poderosas” que a ginasta Danielle Hypolito vai competir na prova de solo.

— Me senti muito honrada de ter minha música na apresentação da Dani. Primeiro porque acho um esporte lindo depois porque admiro muito a trajetória, a carreira e a disciplina dela. Nós gravamos uma matéria e dei umas ideias para ela de passos e elementos de coreografia, também me arrisquei numas estrelas — conta Anitta.

Cautelosa ao falar sobre a carreira internacional, Anitta, que lançou recentemente a versão em inglês de “Bang”, admite que a apresentação para cinco bilhões de telespectadores aumentará sua visibilidade:

— Mas minha intenção é fazer parte desse momento histórico. Ainda não dei nenhum passo na minha carreira internacional, ainda estou na fase de planejar.

Criticada nas Redes

Após Anitta ser confirmada no show de abertura dos Jogos, internautas reclamaram da escolha. “Diga-me quem abrirá sua Olimpíada e eu te direi que és… Se os ingleses têm Paul McCartney, nós temos Anitta”, escreveu uma pessoa no Twitter. “Anitta na abertura da Olimpíada: já teremos o primeiro 7 x 1”, disse outro.

Mas teve quem defendesse a cantora. “Não vejo problema nenhum em ter a Anitta como uma representante da música pop brasileira fazendo a abertura das Olimpíadas. Ela é hoje uma das maiores artistas deste país, se você gosta ou não do que ela faz, pouco importa, mas ela é uma referência no que se propõe a fazer e traduz perfeitamente o som que mais se consome hoje entre os mais jovens. Tom Jobim já dizia que fazer sucesso no Brasil é pecado. Talvez por isso o nome de Anitta esteja sendo tão criticado! Anitta, vai lá e arrebenta! Quem não gostar que tampe os ouvidos!”, escreveu Tico Santa Cruz, em sua página no Facebook.

 

Com informações de O Globo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.