Rio Branco, Acre, 28 de setembro de 2020

Adolescente é morto a tiros e tem rosto e partes íntimas queimados

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

O adolescente Willian Ramirez, de 15 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (19), após levar dois tiros e ter rosto e as partes íntimas queimados. O crime bárbaro ocorreu na Cidade do Povo, em Rio Branco. A mãe do adolescente, Sheila Sebastiana Ramirez, de 49 anos, diz que o filho estava sendo ameaçado de morte, porque teria roubado um celular.

A dona de casa relata que Ramirez havia roubado o celular da mãe de um outro jovem. “Foi esse rapaz que ameaçou ele de morte. A menina disse que foram dois rapazes, mataram ele atrás da casa dela e quando ela ouviu, meu filho estava gritando por socorro”, lamenta a mãe.

Ainda segundo Sheila, os suspeitos atiraram, colocaram um capuz na cabeça de Ramirez e  queimaram o rosto e as partes íntimas dele. Emocionada, a mãe afirma que o filho era usuário de maconha e conta que na noite de segunda-feira (18) ele teria “se despedido”.

“Ele lavou a louça, passou pano na casa, coisa que ele nunca tinha feito, parecia que estava se despedindo, porque eu só vivia pedindo para ele fazer e ele não fazia, ontem [terça,19] ele fez sem eu pedir. Eu entrego nas mãos do senhor, a justiça de Deus não vai falhar”, diz Sheila.

Pelas informações e características do crime, o delegado responsável pelo caso, Francisco Canindé, acredita que o crime tenha sido uma execução. “Temos poucas informações ainda, mas acreditamos que a morte pode ter ocorrido ainda na noite de ontem. Nosso trabalho vai ser esse de apurar, encontrar testemunhas e colher informações que possam chegar à autoria”, finaliza.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.