Rio Branco, Acre, 26 de outubro de 2020

Pelotão Ambiental apreende carreta da prefeitura de Cruzeiro do Sul com madeira ilegal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Pelotão Ambiental, da Polícia Militar (PM), apreendeu na tarde de terça-feira (19) uma carreta de propriedade da Prefeitura de Cruzeiro do Sul (AC) com três toras de madeira, totalizando aproximadamente 8,618 m³ de madeira.

O veículo era conduzido por Francisco José de França da Silva, 45 anos. No momento da abordagem ele não portava o Documento de Origem Florestal (DOF), por esta razão, os policiais militares deram voz de prisão ao motorista, pelo crime ambiental tipificado no art. 46, Parágrafo Único, da Lei 9.605/98, que diz que quem receber ou adquirir, para fins comerciais ou industriais, madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem exigir a exibição de licença do vendedor, outorgada pela autoridade competente, e sem munir-se da via que deverá acompanhar o produto até final beneficiamento, está sujeito a detenção de seis meses a um ano e multa.

De acordo com a lei incorre nas mesmas penas quem vende, expõe à venda, tem em depósito, transporta ou guarda madeira, lenha, carvão e outros produtos de origem vegetal, sem licença válida para todo o tempo da viagem ou do armazenamento, outorgada pela autoridade competente.

De acordo com a Polícia Militar, a ação é fruto da intensificação das abordagens feitas pelo Pelotão Ambiental de Cruzeiro do Sul, após decisão tomada entre o Comandante do 6º Batalhão, Major Moura, o Comandante do Batalhão Ambiental de Rio Branco, Major Negreiros, o Comandante do Pelotão Ambiental de Cruzeiro do Sul, Tenente F. Benedito, e o Secretário do Meio Ambiente.

 

Com informações da Assessoria PM CZS.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.