Rio Branco, Acre, 30 de outubro de 2020

Balsa que liga RO e AC se ajusta para encarar seca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A balsa que faz a travessia do rio Madeira, na a BR-364, interligando os estados de Rondônia e Acre vem tendo que se ajustar para encarar o período de seca, que assola vários estados amazônicos com a baixa dos níveis dos rios.

No local de atracamento das balsas, máquinas pesadas trabalham incessantemente fazendo um aterro com a areia do rio para que os veículos desembarquem e sigam viagem.

De acordo com funcionários, a situação é incomum e caso o rio continue baixando a situação na balsa poderá ficar mais preocupante, com a travessia que é a única rota de ligação do estado ao restante do país.

Até o momento não foi registrado nenhum incidente com a balsa que transporta passageiros, pequenos e grandes veículos, diferentes tipos de cargas, dentre elas combustível. Problemas de grandes bancos de areia que se formam no rio atrapalham a navegabilidade.

O sofrimento maior fica por conta dos passageiros de ônibus, que precisam realizar a pé a travessia de volta ao ônibus em meio a muita poeira e sol escaldante durante o dia, e escuridão total pela noite, em uma situação que coloca em visível risco a integridade dos viajantes.

Com a baixa do rio é possível observar os pilares da demorada construção da ponte que colocaria um ponto final nesse problema, porém problemas diversos tornaram o projeto caro aos cofres do Governo Federal.

Com o verão amazônico apenas no início, a expectativa é de que o rio Madeira continue no descenso de seu nível, fator que ainda irá trazer muitos transtorno à quem precisa utilizar a rodovia nessa região.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.