Rio Branco, Acre, 20 de janeiro de 2021

Banco da Amazônia fecha convênios para produtores de peixes, aves e suínos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O governador Tião Viana recebeu na tarde desta quinta-feira, 28, na Casa Civil, o presidente do Banco da Amazônia, Marivaldo Mello, que, em visita ao Acre, aproveitou para firmar três convênios de parceria técnica entre a instituição e os pequenos e médios produtores de peixes, aves e suínos que alimentam as principais agroindústrias do Acre: Peixes da Amazônia, Acre Aves e Dom Porquito.

O Banco da Amazônia é uma das principais instituições de fomento ao crédito da Região Norte. No Acre, tem focado bastante no desenvolvimento das cadeias produtivas, aproveitando o empenho do governador Tião Viana em desenvolver o agronegócio no estado. Agora, com os convênios assinados, começa um processo de avaliação dos produtores, para saber como o banco pode intervir no aumento da produção.

“Agradeço e tenho orgulho do trabalho que o Banco da Amazônia desenvolve aqui no Acre. O que precisamos apenas é velocidade para que os recursos cheguem à ponta, àqueles que mais precisam”, disse Tião Viana.

O presidente do Banco, Marivaldo Mello, ressalta: “Esse é um momento para darmos mais segurança nas operações e assistência técnica, tendo uma relação transparente e aberta do produtor com o banco. Com cada um cumprindo seu papel, temos mais segurança e diminuímos os riscos das operações de crédito, gerando mais emprego e renda”.

Para o diretor-presidente da Dom Porquito e Acre Aves, Paulo Santoyo, esse é um momento de comemoração. Ele afirma que o Acre tem capacidade de triplicar sua produção de aves e suínos e que o Banco da Amazônia, junto com o governo do Estado, tem feito a diferença para que essa realidade seja alcançada.

“Esses convênios mudam a realidade da suinocultura e avicultura no Acre. Tínhamos um problema para crescer nesse segmento e o banco entendeu que o agronegócio hoje no Acre é sim um grande negócio para si e para os produtores. Por isso, com muita inteligência ele tem apostado nesses segmentos”, avalia Santoyo.

 

Com informações da Agência de Notícias do Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.