Rio Branco, Acre, 19 de janeiro de 2021

Estilo ‘zen’ de Cristóvão conquista atletas em busca de reação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O técnico Cristóvão Borges divide muito as opiniões da torcida a respeito de seu trabalho, a ponto de ser aplaudido por um lado da arquibancada do Pacaembu e vaiado pelo outro no empate por 1 a 1 diante do Cruzeiro, na última segunda-feira. No grupo de jogadores, porém, o comandante conquistou a todos com seu espírito “zen” na busca por uma reação no Campeonato Brasileiro.

É comum ver Cristóvão apenas observando o treino do Alvinegro quase que em um canto do gramado, bem longe de seus auxiliares, principalmente no aquecimento dos atletas. É o momento que ele tira para observar de perto algumas características dos atletas. Depois, nas partes tática e técnica ele busca aproveitar o que observou de bom no elenco.

Foi dessa forma que ele desenvolveu o 4-4-2, esquema em que os corintianos atuaram nos últimos três jogos, com Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto abertos na armação. Romero, que antes abria pelo lado, foi colocado mais perto do gol, ao lado de André, para aproveitar melhor sua capacidade de balançar a rede adversária. Em 2016, o paraguaio é o artilheiro do clube, com 13 gols marcados.

“Ele tem mantido a linha do Tite, do Mano. As diferenças são que o Tite é mais pilhado, Cristóvão é mais tranquilo, estilo mais zen mesmo”, afirmou o zagueiro Yago, que foi mantido como titular por Cristóvão após as lesões de Vilson e Pedro Henrique.Para ele, o Timão não pratica hoje um futebol tão diferente daquele que marcou os últimos anos do clube.

“São estilos diferentes de pessoa, mas é o mesmo esquema, estilo de jogar, é só você ver a nossa distribuição em campo que a organização é bastante parecida. Temos que jogar da mesma forma para conquistar coisas importantes”, avaliou o defensor.

A busca atual do treinador é por voltar a vencer. Nos últimos cinco jogos, sendo três deles dentro de casa, o Alvinegro só conseguiu somar seis pontos de 15 disputados. A única vitória, porém, veio exatamente em Porto Alegre, contra o Inter, local da partida contra o Grêmio, às 11h (de Brasília), no domingo.

Nesta sexta-feira, Cristóvão deve reutilizar seu “estilo zen” para tomar a melhor decisão sobre quem será o substituto de Elias, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. Rodriguinho, substituto do camisa 7 enquanto este esteve na Seleção Brasileira, é o mais cotado.

 

Com informações de Espn.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.