Rio Branco, Acre, 20 de janeiro de 2021

Coutinho dá show, Liverpool vence clássico e encerra jejum de cinco anos contra o Arsenal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Bem-vindos à temporada 2016-17 da Premier League. Logo na primeira rodada, Arsenal e Liverpool fizeram um grande clássico para, de fato, inaugurar mais um ano de futebol na terra da Rainha. Com show de Philippe Coutinho, o Liverpool foi até o Emirates Stadium e venceu o Arsenal por 4 a 3.

O resultado foi ainda pior para osGunners. A equipe londrina saiu na frente com Walcott, mas perdeu jogadores por lesão e sofreu uma derrota ‘pesada’ já em sua estreia no Campeonato Inglês.

Além disso, essa foi a primeira vitória do Liverpool na casa do adversário desde agosto de 2011, quando havia vencido por 2 a 0.

O jogo

A partida começou com vantagem para o Arsenal. Aos 27 minutos, os donos da casa tiveram pênalti ao seu favor, mas a cobrança de Walcott foi defendida por Mignolet. Mesmo assim, segundos depois, o camisa 14 se redimiu. Ele entrou na área pela direita e bateu cruzado, fazendo 1 a 0 para os Gunners.

Mas Philippe Coutinho não aceitou a derrota parcial dos Reds. Aos 46, o meia brasileiro cobrou falta com perfeição, no ângulo de Petr Cech, e deixou tudo igual no placar.

Depois do intervalo, o Liverpool começou um show que durou alguns minutos. Coutinho passou para Wijnaldum, o holandês cruzou para Lallana, que dominou e virou para os visitantes.

Pouco depois, mais um do camisa 10. Clyne partiu pela direita e cruzou na área do Arsenal, Philippe Coutinho apareceu como centroavante e desviou para o gol, fazendo 3 a 1. O quarto gol saiu aos 17 minutos. Sadio Mané fez bela jogada, costurou pela defesa e acertou um belo chute, no ângulo de Cech – 4 a 1 para os Reds.

Lesões e o ‘despertar’ do Arsenal

O Arsenal começou sua temporada sofrendo com algo que já se tornou comum: as contusões. Alex Iwobi e Aaron Ramsey saíram machucados para as entradas de Cazorla e Chamberlain.

Depois de tomar o quarto gol, os Gunners ‘acordaram’ para a partida.

Chamberlain, que havia entrado há poucos minutos, fez bela jogada pela esquerda e descontou. Já aos 29 minutos, após cobrança de falta na área, o zagueiro Calum Chambers subiu e testou para as redes, diminuindo para 4 a 3 a vantagem do Liverpool.

A reação não foi suficiente. Apesar da pressão, o time visitante se segurou e garantiu seus primeiros três pontos na Premier League.

 

Com informações da Espn.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.