Rio Branco, Acre, 24 de novembro de 2020

Lava Jato deve originar ao menos duas séries na TV e internet

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Responsável por investigações de um esquema de desvios de dinheiro da Petrobras, a Operação Lava Jato não deve virar série de TV somente pelas mãos de José Padilha, em um projeto do Netflix.

De acordo com a Folha de S. Paulo, outra equipe tem produzido um seriado sobre a atual situação política do Brasil sob o comando da cineasta Estela Renner, que já fez documentários como “O Começo da Vida”.

Em atual fase de estruturação de roteiro na produtora Maria Farinha, o projeto será negociado com canais abertos e fechados em 2017. Ainda sem título, a série seguirá os passos de uma executiva presa que, ao ser solta, passa a gerir escolas públicas como prosseguimento de sua sentença.

 

Com informações da Folha de S. Paulo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.