Rio Branco, Acre, 19 de janeiro de 2021

Sensação de insegurança motiva processo contra criadores de Pokémon Go

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Desde que Pokémon Go foi lançado que os fãs do jogo não tem poupado esforços para capturar todos os monstrinhos, multiplicando-se as histórias de invasão de propriedade privada. Um casal de Detroit parece estar cansado de ver o seu quintal sendo invadido todas as noites, o que os levou a processar a empresa responsável por Pokémon Go, a Niantic Labs, como também a empresa The Pokémon Company.

“Ninguém pode mais dormir. Como isso pode ser aceitável? [Os jogadores de Pokémon Go] andam na nossa grama, procuram nos carros… Não nos sentimos seguros… Não nos sentimentos seguros sentados no alpendre”, revela o Detroit Free Pass.

O processo ainda levanta a questão de não ser pedida nenhuma permissão dos moradores para se colocar pokémons em áreas próximas a casas. O casal pede, como forma de indenização, uma fatia da receita da Niantic Labs obtida com o jogo, de forma a compensar os donos das moradias que serviram para aumentar a popularidade do aplicativo.

 

Com informações de Notícias ao Minuto.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.