Rio Branco, Acre, 26 de janeiro de 2021

Mãe mata bebê e guarda corpo dentro de caixa durante 5 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma professora de 37 anos foi presa suspeita de matar a filha recém-nascida e esconder o corpo dentro de um armário por 5 anos, em Goiânia. O homicídio só foi descoberto, na última terça-feira (9), após o ex-marido ir buscar alguns pertences pessoais no prédio onde morava quando ainda eram casados. De acordo com polícia, a mulher cometeu o crime porque o pai da criança era um amante.

Segundo o G1, a professora deu à luz a uma menina em março de 2011. A mulher contou à polícia que o marido, de quem ela se separou em 2015, era ausente, que viajava muito e não tinha conhecimento da gestação e era vasectomisado.

Ao nascer, a criança foi e o corpo ficou dentro do guarda roupa por 20 dias.Depois, a mulher colocou o corpo dentro de uma caixa com plástico e papelão e trancou dentro de um armário no prédio em que morava. O crime só foi descoberto quando o ex marido foi ao local para buscar algumas coisas, pois o imóvel seria vendido, e achou a caixa. Ele acionou a polícia.

A professora foi presa em flagrante por ocultação de cadáver. Ela ainda deve responder por homicídio qualificado. Agora, a polícia investiga se outras pessoas tinham conhecimento do crime ou se tiveram participação no homicídio Durante a apresentação, feita pela polícia na manhã desta quarta-feira (10), a mulher disse estar arrependida.

 

Com informações do G1.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.