Rio Branco, Acre, 26 de janeiro de 2021

Polícia prende mais 16 envolvidos em ataques

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A secretaria de Estado de Segurança apresentou mais 16 presos acusados de fazer parte da facção que vem aterrorizando a capital e o interior. Desse grupo, estão três jovens (sendo um adolescente) que foram apresentados como os responsáveis por um vídeo, postado nas redes sociais. O grupo ameaça policiais e informa que vão atear fogo na cidade por sete dias.

O vídeo foi gravado no bairro São Francisco na casa de Talison de Souza Gomes, 19. É ele que está com a blusa branca cobrindo o rosto ao lado de Ronilson Rodrigues da silva, 20, que também foi preso. Na delegacia, disseram que era tudo brincadeira e chegaram a pedir desculpas aos policiais.

Para chegar a esse número de prisões, a polícia montou barreiras em diversos pontos da cidade na qual veículos eram parados, motoristas e passageiros revistados. Os agentes verificavam bolsas, mochilas e bolsos. Foram mais de 300 policiais numa operação que atingiu toda a cidade. A meta era evitar novos ataques incendiários.

Mesmo com a ação da policia, duas casas de militares foram atacadas. No bairro Seis de Agosto, o carro de um militar foi alvejado por tiros; no bairro Airton Sena, tentaram atear fogo na residência de um cabo PM; no centro de Rio Branco, os bandidos jogaram um coquetel molotov numa das salas onde funcionou o centro de oncologia.

O proprietário que não quer se identificar, disse que o ataque ocorreu porque os bandidos acreditam que o prédio ainda pertence ao Estado. Em Feijó, o ataque foi a uma ponte.

O secretário de Segurança, Emylson Farias, disse que os ataques estão reduzindo com a ação da polícia, que está usando o serviço de inteligência para chegar aos líderes da facção comando vermelho no Acre, e, prendendo nas ruas, os autores diretos dos ataques.

“Não vamos parar as ações, vamos por fim a esse movimento criminoso. Estamos mais fortes do que nunca e cercando esses bandidos por todos os lados”, declarou.

Com a chegada do final de semana, a policia vai intensificar o trabalho nas ruas e também nos presídios. O governo do Estado convocou 76 PM’s que estavam na reserva para ajudar na segurança dentro dos presídios Francisco Oliveira Conde e Antônio Amaro.

O comandante da Polícia Militar informou que os ataques as casas do militares não vão inibir a operação. “A tentativa de incendiar as residências e os tiros só incentivam a tropa a por fim essas ações criminosas”, concluiu.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.