Rio Branco, Acre, 3 de dezembro de 2020

Juros do cartão sobem e superam 450% ao ano

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

As taxas de juros subiram de julho para agosto e encareceram ainda mais o crédito para consumidores e empresas, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

No caso das linhas para pessoas físicas, subiram as taxas cobradas na maioria das modalidades, com destaque para o cartão de crédito rotativo, cujos juros passaram de 447,44% ao ano, em julho, para 451,44% ao ano, em agosto. Na sequência, está o cheque especial. De 293,79% ao ano, a taxa passou de 296,33% ao ano, em agosto.

Considerando todas as modalidades, a taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma elevação: de 8,09% ao mês (154,35% ao ano) em julho para 8,13% ao mês (155,48% ao ano) em agosto de 2016. Essa é a maior maior taxa de juros desde agosto de 2003, de acordo com a pesquisa.

Para os próximos meses, a Anefac afirma acreditar que, “tendo em vista o cenário econômico atual, que aumenta o risco de elevação dos índices de inadimplência, a tendência é de que as taxas de juros das operações de crédito voltem a ser elevadas”.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.