Rio Branco, Acre, 29 de novembro de 2020

“Privatizações de Temer, vai deixar contas de energia mais caras”, diz presidente do Sindicato dos Urbanitários

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Após o anúncio da privatização da Eletrobras Acre realizado nesta terça-feira (13), pelo presidente da República, Michel Temer, o presidente do Sindicato dos Urbanitários do Acre, Fernando Barbosa, disse que essa decisão só trará grandes prejuízos, não só aos trabalhadores, mas também ao consumidor.

“Nós somos contra a toda e qualquer privatização das empresas elétricas, seja elas, distribuidoras, geradoras ou transmissoras., com isso nós vemos prejuízos evidentes para os trabalhadores, como a diminuição no quadro de oferta de emprego, ou seja, diminui o quadro de funcionários, mas aumentam as atribuições para quem fica na empresa e para a sociedade o dano também será sentindo na conta de energia, porque a partir da privatização, vão pagar tarifas mais caras”, completou.

Para o presidente da distribuidora no Estado, Ricardo Xavier, a notícia não o pegou de surpresa, tendo em vista que desde julho deste ano, a assembleia dos acionistas da Eletrobras decidiu por fazer a venda das distribuidoras até 31 de dezembro de 2017.

A Eletrobras Distribuição Acre está na lista de projetos que devem ser leiloados a partir de 2017. O anúncio foi feito nesta terça-feira (13) pelo governo Michel Temer e inclui ainda outros 33 projetos nas áreas de energia, aeroportos, rodovias, portos, ferrovias e mineração.

De acordo com Temer, a decisão visa reaquecer a economia e estimular a criação de empregos através da ampliação de investimentos.

No dia 22 de julho deste ano, cerca de 760 servidores da Eletrobras no Acre paralisaram as atividades, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, como forma de protestar contra a proposta de privatização.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.