Rio Branco, Acre, 20 de janeiro de 2021

Venezuela: ‘Golpe contra Dilma é golpe contra toda América Latina’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse que o golpe de Estado parlamentar no Brasil foi dirigido não só contra a presidente brasileira Dilma Rousseff, mas também contra todos os movimentos de esquerda na América Latina.

Dilma Rousseff foi afastada por decisão do Senado brasileiro, com 61 votos a favor do impeachment e 20 votos contra.

“Este golpe não é apenas contra Dilma Rousseff, é contra a América Latina e países do Caribe. É contra nós, é um ataque contra os movimentos populares, progressistas, contra os partidários de ideias de esquerda”, disse Maduro durante uma transmissão televisiva, citado pela agência Reuters.

A Venezuela já havia tomado a decisão de congelar as relações com o Brasil e, agora, retirou o seu embaixador após o impeachment de Dilma.

O embaixador da Venezuela foi temporariamente retirado do Brasil ainda em maio, após a primeira suspensão de Dilma pelo parlamento, por 180 dias. Na altura, Maduro chamou a decisão do Senado de “jogo sujo” contra a primeira mulher presidente do Brasil.

 

Com informações de Sputinik Brasil.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.