Rio Branco, Acre, 27 de novembro de 2020

‘Áudio’ espalhado nas redes sociais somente prova honestidade e novo jeito de fazer política de Carla Brito

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

por Leandro Altheman

O normal de esperar em um período pós-eleitoral é o candidato sentir-se muito à vontade, e triunfante anunciar que será agora o ‘prefeito de todos’. Não foi o que aconteceu com Ilderlei Cordeiro na manhã desta segunda-feira. Em sua entrevista na rádio local, Ilderlei usou o seu ‘discurso de vencedor’ para lançar acusações sobre a Carla Brito, COMO SE o pleito ainda estivesse para ser concluído. Com seu ATO FALHO, Ilderlei dá a deixa do que ele e seus apoiadores mais temem: o avanço das investigações e um “segundo turno” na justiça.

A resposta surge de modo estabanado, com seus apoiadores espalhando um ‘audio’ em que, segundo eles, Carla estaria negociando secretarias em torno de apoio político.

Basta ter o mínimo de discernimento para perceber que o que acontece no áudio é justamente o contrário do enunciado. O presidente do PSDC, Cássio, tenta de todas as maneiras ‘amarrar’ uma secretaria municipal em caso de vitória, e mais cargos no governo por intermédio de César Messias. Sem se comprometer com nada, César passa o telefone para Carla Brito.

Nesse momento o tal Cássio recebe a maior aula sobre a nova maneira de fazer política que Carla pretende implantar em Cruzeiro do Sul. E com sua voz mansa, doce e seu lindo sotaque pernambucano, deixa claro com todas as letras, que sua maneira de fazer política é diferente. E RECUSA a pressão do PSDC. Isso está claro no áudio, que mesmo EDITADO somente consegue provar a limpeza e a ética de Carla Britto. No áudio não há nada diferente do que Carla vinha dizendo publicamente nos programas e reuniões: a de que o apoio de partidos e pessoas viria antes do compromisso de promover a mudança que Cruzeiro do Sul e não seria conquistado mediante o ‘retalhamento’ da prefeitura. O áudio poderia ser facilmente transformado em uma peça do programa de TV de Carla, pois conta A FAVOR da mesma.

Confira a peça de áudio EDITADO que está sendo divulgado

whatsapp-audio-2016-10-04-at-01-13-08-1

Em segundo lugar, o ´15 do bem’ omite que a tal ‘negociação’ ocorreu em um período muito anterior ao período em que eles próprios fizeram a cooptação de partidos e posteriormente, de vereadores da coligação PSDB/REDE.

Entre os que se prestam ao serviço de espalhar o ‘áudio’ está a ex-vereadora que teve seu mandato cassado, a quem a falta de caráter já é bastante conhecida, mas que surpreende agora também, com o seu déficit cognitivo. Ou má fé.

Carla Brito continua esperando que o tal ‘áudio’ seja protocolado na justiça. E se não o for, provavelmente ela o fará, já que a versão difundida foi EDITADA e deve passar por perícia.

A estratégia de Ilderlei Cordeiro de mudar o foco da atenção morrerá na praia. Ele próprio e sua coligação terão de em breve, responder às acusações de compra de votos e apoio político, esta sim, com provas materiais, de cinco mil reais e mais um flagrante efetuado pela PF, envolvendo o chefe do gabinete de Vagner Sales, Mário Neto e o presidente (agora afastado) do PSDB, Edson de Paula.

Na última quinta-feira o MP protocolou uma nova AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral, desta vez acusando também, além da chapa Ilderlei/Zequinha,  Mário Neto, Edson de Paula e Vagner Sales. Na primeira AIJE estes apareciam apenas como testemunhas a serem convocadas.

Cumpre aguardar. Quem já teve que suportar viver quatro anos sob o mandato de um Prefeito FICHA SUJA, que por pura incompetência da justiça permitiu que o mesmo fosse diplomado e terminasse o mandato com prescrição de crime após condenações em três instâncias não mantém muita confiança sobre a tal justiça. Ainda que a justiça possa se fazer de cega, surda e muda, a narrativa dos fatos, contudo, continuará sendo a narrativa dos fatos.

 

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.