Rio Branco, Acre, 25 de novembro de 2020

Após explosão de barco, cidades ficam sem gasolina e gás de cozinha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Na explosão de uma balsa no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, no último dia 27, foram perdidos 8 mil litros de combustível e 40 botijas de gás. A balsa saía de Rodrigues Alves para abastecer as cidades vizinhas de Porto Walter e Marechal Thaumatugo. O acidente deixou duas vítimas. Com a perda dos produtos, a cidade de Porto Walter tem sofrido com o desabastecimento de gás e combustível.

O vereador de Porto Walter Odair Mota (PP-AC), alega que, desde o acidente, a Marinha teria embargado o transporte para a região. A Marinha, no entanto, nega.

“A cidade está praticamente parada. Mais de mil alunos dependem de barcos para vir das comunidades rurais às escolas da cidade. Tem também as pessoas que adoecem e precisam ser transferidas para tratamento em Cruzeiro do Sul. Estou muito triste com essa situação e vamos pedir que o prefeito decrete estado de calamidade pública para tentarmos amenizar esse caos que nossa cidade está vivendo”, diz.

Tentamos entrar em contato com o prefeito, mas não teve resposta até a publicação desta reportagem. Proprietário de um ponto de venda de combustível em Porto Walter, Francisco Evenilson Souza diz que cidade pode parar, mas assume parte da responsabilidade pelo problema.

“Na quarta feira [5] já não havia mais combustível e gás de cozinha em Porto Walter. Carros e motos estão correndo o risco de ficar parados. A culpa é de nós empresários que não nos regularizamos. Estamos providenciando a construção de uma balsa de pequeno porte para regularizar junto a capitania dos portos. Mas, esse processo levará cerca de seis meses”, diz.

Carlos Brandão, comandante da Agência da Marinha na região, diz que um inquérito vai apurar as causas da explosão, mas que não existe nenhuma proibição de transporte de combustível para Porto Walter.

“Para navegar, a embarcação tem que estar inscrita na Marinha e seus condutores habilitados. No caso de transporte de inflamáveis, têm outros documentos. Desconheço qualquer proibição de transporte de combustível para Porto Walter ou qualquer outra cidade da região”, finaliza.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.