Rio Branco, Acre, 27 de novembro de 2020

Moro aceita denúncia e Cunha vira réu na Lava Jato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O deputado cassado Eduardo Cunha se tornou réu na Operação Lava Jato nesta quinta-feira (13) depois de o juiz federal Sérgio Moro aceitar denúncia enviada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do G1.

O magistrado ordenou que a defesa do ex-parlamentar apresente resposta em 10 dias. Agora, Cunha responde à ação penal na Justiça Federal do Paraná. No despacho, Moro afirma que a ação correrá em sigilo.

O ex-presidente da Câmara é acusado de receber propina por meio de contrato de exploração de petróleo no Bênin, na África, e de usar contas na Suíça para lavagem de dinheiro.

Cunha nega irregularidades e argumenta que as contas pertencem a trusts (instrumento jurídico usado para administração de bens e recursos no exterior), e não a si próprio.

A sua esposa, a jornalista Claudia Cruz, já é ré pela mesma acusação na Justiça Federal do Paraná.

A Folha de S. Paulo destaca que Moro também levantou o sigilo do processo contra Cunha. “A publicidade propiciará assim não só o exercício da ampla defesa pelos investigados, mas também o saudável escrutínio público sobre a atuação da administração pública e da própria Justiça criminal”, escreveu.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.