Rio Branco, Acre, 20 de outubro de 2020

Papa pede que Europa acolha imigrantes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O papa Francisco fez mais um apelo para que a Europa acolha imigrantes. Em uma carta enviada à agência ANSA por ocasião do lançamento do portal de dados “infomigrants.net”, que reúne informações e estatísticas sobre migrações no continente, o líder da Igreja Católica exigiu mais “integração” e disse que está ao lado de todos que ajudam quem foge de guerras, terrorismo, crises humanitárias e fome.

“Estou ao lado, com afeto e encorajamento, de todas as instituições, associações ou indivíduos que se abrem, sabiamente, para o complexo fenômeno migratório com adequadas intervenções de apoio, testemunhando os valores humanos e cristãos, que são a base da civilização europeia”, disse Francisco na carta ao diretor da ANSA, Luigi Contu.

A imigração é um dos temas centrais do pontificado do argentino Jorge Mario Bergoglio. Logo após assumir a Igreja Católica, em 2013, realizou sua primeira viagem oficial à ilha de Lampedusa, no sul da Itália, considerada a porta de entrada de milhares de refugiados, diariamente, para a Europa.

“A presença de tantos irmãos e irmãs que vivem a tragédia da imigração é uma oportunidade de crescimento humano, de encontro e de diálogo entre as culturas, em vista da promoção da paz e da fraternidade entre os povos”, afirmou Francisco. O Papa também contou que recebeu “com prazer” a notícia do lançamento do site, o qual considera “uma importante iniciativa”, principalmente em um momento em que a Europa discute novas políticas e medidas de acolhimento de imigrantes.

“Espero que, de um lado, tenha um favorecimento à integração dessas pessoas com um estrito respeito às leis dos países que as acolhem, mas, de outro, essa integração gere uma renovação da autêntica cultura de acolhimento e de solidariedade”, confessou Francisco. Hoje, o Parlamento Europeu fez uma reunião prévia para discutir um plano de ajuda à Itália no gerenciamento da crise imigratória.

O país, localizado no Mar Mediterrâneo, recebe milhares de embarcações de refugiados do norte da África e do Oriente Médio, mas está chegando ao seu limite de acolhimento e pede que os outros membros da União Europeia assumam sua responsabilidade na crise.

O portal de dados “infomigrants.net” foi colocado no ar em março, em uma parceria entre a ANSA e os grupos de mídia France Media Monde e Deutsche Welle, apoiados pela Comissão Europeia. O site reúne dados sobre imigração e deslocamentos pela Europa e possui conteúdos em inglês, árabe e francês. (ANSA)

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.