Rio Branco, Acre, 5 de agosto de 2021

Pedido de prisão de Aécio pode ser julgado nesta terça

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG) poderá ser analisado nesta terça-feira (19).

O ministro Marco Aurélio é o relator do processo e determinou que, antes do julgamento, haja discussão sobre onde o pedido deve ser analisado: se no plenário, como deseja os advogados do tucano, ou pela Primeira Turma da Corte, conforme indicação da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Além de Marco Aurélio, compõem o grupo Luiz Fux, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

O caso envolve o pagamento de R$ 2 milhões, por parte da J&F, a pessoas ligadas ao mineiro. Alvo da Operação Patmos, ele chegou a ficar impedido de exercer atividades parlamentares por decisão do ministro Edson Fachin, então relator, por mais de um mês.

Após mudança de relatoria, no dia 30 de junho, o ministro Marco Aurélio Mello revogou a medida do ministro Fachin e devolveu Aécio ao Senado.

Enquanto não se conclui a análise dos recursos em relação ao caso Aécio Neves, a denúncia apresentada pela PGR contra o senador por corrupção passiva e obstrução de justiça segue sem análise. Com informações de Notícias ao Minuto.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!