Rio Branco, Acre, 5 de agosto de 2021

Prefeitura inicia Campanha de Vacinação Antirrábica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Visando prevenir a transmissão do vírus da raiva, transmitido por cães e gatos, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, e a equipe da Coordenação de Zoonoses, iniciou nesta quarta-feira (13) a campanha de vacinação antirrábica canina e felina em todo município.
Segundo o médico veterinário do centro de zoonoses, George de Andrade, a meta é vacinar mil animais por dia já que a estimativa da população de cães e gatos a ser vacinado é de aproximadamente 14.500.
“A campanha será realizada entre 13 e 27 de Setembro na zona urbana e de 02 a 10 de Outubro na zona rural do município, serão formadas dez equipes, cada uma composta por duas pessoas, que irá de casa em casa aplicando a vacina nos animais”, disse o veterinário.
A coordenadora do centro de zoonoses do município, Elmaria Rabelo, pede o apoio da população para que não deixem de vacinar seus animais, para a campanha poder atingir o máximo de animais possível contra o vírus.
“O objetivo da campanha é reforçar a imunização contra a doença, especialmente pelas consequências que elas podem trazer para o ser humano”, destacou a coordenadora.
O prefeito Ilderlei Cordeiro ressalta a importância da vacinação.
“Esse é um compromisso da nossa gestão, estamos buscando facilitar a vida dos donos de cães e gatos, indo de casa em casa para vacinar. É uma forma de garantir que esses animais sejam vacinados, o que significa saúde para todos, esses é nosso objetivo diminuir o sofrimento dos animais e zelar ao mesmo tempo pela saúde da nossa população”, destacou o prefeito.
A raiva é uma zoonose viral que se caracteriza como encefalite progressiva, aguda e letal. A transmissão ocorre pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura e, raramente, pela arranhadura e lambedura na mucosa. O vírus penetra no organismo, multiplica-se na região lesada e atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, atinge o sistema nervoso central e depois outros órgãos do corpo humano.
ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!