Rio Branco, Acre, 5 de agosto de 2021

Em todo o Acre, mais de 130 pessoas são presas durante quarta fase da Operação Aquiri

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A Polícia Civil iniciou na última sexta-feira, 20, a 4ª fase da Operação Aquiri. A ação tem como principal objetivo combater a criminalidade em todo o Estado e é uma das maiores já realizadas pela Polícia Civil no quesito de cumprimento de mandados.

Ao todo, foram cumpridos 95 mandados de prisão, 57 mandados de busca e apreensão e 22 pessoas presas em flagrante, com total de 137 pessoas presas em Rio Branco e no interior do Acre.

A primeira fase da operação Aquiri foi realizada em agosto de 2014, a segunda fase foi realizada em outubro de 2015 tendo resultado de cumprimento de 266 medidas judiciais e 157 prisões. A terceira fase foi realizada em outubro de 2016 com 237 medidas judiciais e 171 prisões.

Essa ação contou com a participação direta de mais de 130 agentes, 25 delegados e 16 escrivães de polícia civil que juntos estão cumprindo 152 mandados judiciais contra pessoas em conflito com a lei que agiam na prática de roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico, estupro, organizações criminosas, formação de quadrilha e homicídios.

A operação está sendo realizada nos 22 municípios do Acre compreendendo as regiões do Alto e Baixo Acre, Purus, Envira, Juruá, Bujari e Porto Acre e Capital e segue até dia 27 de outubro. As investigações da operação Aquiri tiveram inicio há dois meses e é uma resposta da Polícia Civil do Estado do Acre contra a criminalidade que tenta ruir com a paz e a tranquilidade da sociedade.

“Esta operação é uma ação de combate firme a criminalidade que retira de circulação pessoas que estavam praticando delitos e com isso fortalecemos cada vez mais o enfrentamento a criminalidade em todo o Estado”, declarou o secretario de Segurança Pública, Emylson Farias.

Para o secretario de Polícia Civil, Carlos Flávio Portela Richard, o balanço das edições anteriores e reafirmou o compromisso da instituição na manutenção da segurança, “É o braço forte do Estado no combate firme à criminalidade”, observou.

Durante a ação policial foram recuperados cinco veículos, seis motocicletas, além da apreensão de ativos criminais, 20 armas de fogo, munições de calibres variados, droga (cocaína e maconha) e eletroeletrônicos oriundos de roubos.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!