Rio Branco, Acre, 3 de agosto de 2021

Catalunha faz greve em protesto contra governo espanhol

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A região autônoma da Catalunha promove nesta quarta-feira (8) uma greve como forma de protestar contra a “repressão” da Espanha e pela “libertação” dos “presos políticos”. A região vive uma crise com o governo central espanhol devido às suas ambições de proclamar independência. A paralisação atinge, principalmente, os serviços de transporte.

Cerca de 30 estradas da região foram interditadas. Os trens de alta velocidade e os de percursso regional também tiveram os serviços interrompidos. Defensor da independência, o presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, foi destituído do seu cargo pelas autoridades de Madri, que o acusaram de violar a Constituição.

Foragido na Bélgica, o político e outros quatro ex-secretários aguardam uma audiência, marcada para dia 17, sobre o pedido de extradição da Espanha. Eles cumprem medidas cautelares e estão com a liberdade restringida.

Nesta terça (7), em uma entrevista a uma rádio, Puigdemont fez um apelo para que os partidos catalães se unam e apresentem uma candidatura conjunta nas eleições regionais antecipadas de 21 de dezembro, que escolherão o novo governo da zona autônoma. No entanto, as principais legendas, o Partido Democrata Europeu Catalão (Pdecat), de Puigdemont, e a Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) não conseguiram ainda chegar a um acordo.

No mesmo dia, cerca de 200 prefeitos que defendem a independência da Catalunha marcharam pelas ruas de Bruxelas para exigir a libertação dos líderes políticos detidos. Os manifestantes se reuniram na sede da Comissão Europeia. Com informações da Ansa.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!