Rio Branco, Acre, 3 de agosto de 2021

Obras de saneamento integrado contemplam comunidades de Porto Walter

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Investimentos do governo em infraestrutura e saneamento básico estão modificando radicalmente o cenário urbano de Porto Walter. Um bom exemplo são os trabalhos iniciados pelo Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) na comunidade do bairro do lixão. O lugar, onde vivem mais de 100 famílias, se formou nas proximidades da antiga área que era destinada os resíduos sólidos da cidade, e ficou popularmente conhecido por este nome devido ao mato, à lama e ao lixo acumulados na região.

Com o apoio da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan) e graças a uma parceria financeira firmada entre a gestão estadual e o Banco Mundial, o Depasa está trabalhando na execução de obras dos novos sistemas de água e esgoto, módulos sanitários, drenagem e pavimentação do local.

“Os trabalham avançam. Nos próximos dias, será iniciado o assentamento de tijolos para o pavimento em todo o bairro, calçadas e todas as estruturas da rede de água e rede nas residências”, informa o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

O cronograma de serviços segue com perspectiva da etapa de conclusão e inauguração dessas obras para o final de 2017. Uma equipe de assistência social da autarquia articula com os moradores a realização de um plebiscito para a escolha do novo nome do bairro.

“Cotidianamente, estamos dialogando com a comunidade, colhendo as sugestões de nomes e reuniremos a população para determinar a escolha e assim repassar o resultado para a gestão municipal e câmara de vereadores”, explica o coordenador da equipe social do Depasa, Francisco Panthio.

A moradora Maria dos Santos comenta que chegou a chorar quando recebeu a notícia, em sua casa, dos agentes técnicos que relataram os investimentos que seriam feitos na localidade.

“Nós estávamos abandonados, aqui as crianças brincavam sobre o lixo antigo, era a região mais suja da cidade e poucos moradores se atreviam a fazer suas casas. Agora, graças ao governo do Estado vamos ter um lugar melhor para viver”, disse Santos.

Todos esses benefícios compõem o Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), na aplicação de R$ 20 milhões em Porto Walter e outros R$ 80 milhões nas cidades de Marechal Thaumaturgo, Jordão e Santa Rosa do Purus.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!