Rio Branco, Acre, 25 de julho de 2021

Bandidos quebram telhado e invadem escola para furtar aparelhos eletrônicos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A Escola Estadual João Aguiar, no bairro Manoel Julião, em Rio Branco, foi invadida na madrugada desta sexta-feira (1º) e vários objetos furtados na ação. Essa é a quarta vez em dois meses que o colégio sofre ação de bandidos, segundo a direção. Para entrar no local, os criminosos quebraram parte do telhado.

O diretor da instituição, Vanderlei Rocha, falou que, devido aos outros arrombamentos, mandou reforçar as grades das janelas. Foram levados cinco aparelhos de data show, cinco notebooks, aparelhos de DVDs, além de objetos pequenos.

“Foi por volta das 2h30 desta manhã e dessa vez foi um pouco diferente. Normalmente eles invadem, escolhem o que querem levar e vão embora. Dessa vez entraram pelo telhado, mas não ficaram satisfeitos, eles quebraram várias telhas, fizeram um buraco enorme no telhado e arrebentou todo telhado”, falou.

Outra medida adotada para evitar os arrombamentos foi a instalação de sensores internos nas janelas. Segundo o diretor, os alarmes dispararam duas horas antes da invasão e ele acredita que eram os criminosos tentando entrar no colégio.

“Ontem [quinta, 30] foram instalados sensores, juntamente nas janelas que eles subiram. Duas horas antes os alarmes dispararam, provavelmente porque eles estavam tentando entrar. A empresa de vigilância foi lá, mas como alegam que não tem segurança armada, fizeram apenas uma ronda ao redor do muro e foram embora. Nessa primeira vez que eles [bandidos] vieram, destruíram os sensores e voltaram mais tarde”, complementou.

Ainda segundo Rocha, há dez dias a sala dos professores foi arrombada também. As demais invasões ocorreram em um período de dois meses. Dessa vez, os bandidos derramaram até refrigerante em cima dos papéis.

“Depois que pegaram o que quiseram passaram a derramar as coisas, quebrar, foram no frigobar e derramaram refrigerante em cima dos papéis. Atos de vandalismo mesmo, uma afronta porque colocamos as grades e queriam mostrar que queriam entrar mesmo tendo grade. A gente se sente totalmente impotente. O que posso fazer? Registrar um boletim de ocorrência e pedir providência, mas não dá em nada”, lamentou. As informações são do Portal G1.

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.