Rio Branco, Acre, 5 de agosto de 2021

Em nota, IAPEN esclarece tentativa de destruição de bloqueadores de celulares no presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Na manhã desta segunda-feira (18), durante uma revista de rotina, presidiários do regime provisório tentaram em um ato de vandalismo no presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC), destruir bloqueares de sinal de aparelhos celulares.

De acordo com as informações, os presos que estavam no banho de sol, teriam tentado danificar o bloqueador na tentativa de quebrá-lo e assim conseguirem manter contato com o meio externo. A ação foi percebida pelos Agentes Penitenciários que, rapidamente, com ajuda de homens do BOP, fizeram um procedimento de revista em toda a ala, e removeram os presos identificados como autores da ação, a uma cela isolada do RDD.

Esclarecimentos do IAPEN

Em nota, o Instituto de Administração Penitenciária, diz que durante revista de rotina foram encontradas duas armas de fogo, uma pistola calibre .9mm, e uma escopeta. A nota diz ainda que os responsáveis pela tentativa de destruição dos bloqueadores já foram identificados e encaminhados ao RDD (regime disciplinar diferenciado).

Por telefone o Diretor Presidente do Instituto de Administração Penitenciária, Aberson Carvalho, elogiou a atuação dos Agentes Penitenciários e dos policiais do BOP, durante os procedimentos de revista ocorridos no dia de hoje, segunda feira (18). Para o diretor do IAPEN, o profissionalismo dos operadores de segurança, foi fundamental para o êxito na identificação dos suspeitos e na retirada dos ilícitos de dentro do presídio Dr. Francisco de Oliveira Conde.

A nota diz ainda que um processo administrativo também será aberto para apurar como as armas de fogo entraram na unidade.

Veja a nota divulgada pela assessoria de imprensa do IAPEN:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Instituto de Administração Penitenciária – IAPEN, vem à público esclarecer os fatos ocorridos na manhã desta segunda-feira, 18, durante revista em celas do presídio Dr. Francisco de Oliveira Conde.

O IAPEN já identificou os responsáveis pela tentativa de danificar o bloqueador de sinais de telefonia.  Eles foram encaminhados ao Redime Disciplinar Diferenciado (RDD). Um processo administrativo também será aberto para apurar como as armas de fogo entraram na unidade.

Durante a revista foram aprendidas duas armas de fogo, sendo uma calibre 9 milímetros e uma escopeta. Apesar da tentativa de destruir os bloqueadores, os aparelhos seguem funcionando normalmente, impedindo o sinal de telefonia móvel.

Assessoria IAPEN/Acre

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!