Rio Branco, Acre, 25 de julho de 2021

Governo proíbe o plantio de soja no Acre? Fake News!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O empresário do ramo da pecuária Assuero Veronez vem espalhando em grupos de whats app que o seu ‘pioneirismo’ o teria tornado uma ‘pobre vítima’  da ‘perversa política do governo do estado’ que supostamente ‘proíbe’ o plantio de soja no estado.

FAKE!FAKE!FAKE!

Primeiro que é bastante questionável qual seria o ‘pioneirismo’ de plantar soja no Acre, depois que quase metade do país já adotou a monocultura extensiva da soja. talvez haja mais pioneirismo em abriu um Mc Donalds no Uzbequistão!

Mas, não, definitivamente o governo do estado NÃO PROÍBE o plantio de soja. Basta dar uma olhada nas matérias a  respeito, especialmente durante a visita do ministro da agricultura Blairo Maggi. Pode-se dizer que a soja, certamente não faz parte de uma política de governo,e não é incentivada, mas não é PROIBIDA. As notas da Embrapa e da Secretaria de Meio Ambiente, apontam para os diversos riscos ambientais de uma lavoura que demanda uso de maquinário pesado e defensivos agrícolas potencialmente contaminadores de solos e águas. No entanto, ainda assim, plantios experimentais vem sendo implantados. a Embrapa inclusive sugere o plantio de soja para atender à demanda do estado por ração animal (aves, peixes e suínos).

No caso específico do empresário, o que houve foi que o mesmo solicitou ao IMAC licença para plantio de cana, mas plantou milho e soja, o que gerou multa. Segue abaixo explicação do assessor de comunicação do governo, Leonildo Rosas:

“Circula em grupos de WhatsApp e em sites que não buscam a verdade reclamação do pecuarista Assuero Veronez de multa aplicada por, supostamente, o mesmo ter plantando soja.
Claramente ideológica e com mensagem subliminar, a reclamação carece de verdade plena.
Vamos aos fatos verdadeiros, haja vista que nenhum governador na história do Acre incentivou tanto a produção como Tião Viana.
Basta pesquisar nos sites de busca para constatar o posicionamento do governo e do governador sobre o plantio de soja. Mentir, portanto, não cola.
A verdade é que a situação dos plantios agrícolas foram notificadas no ano passado para ingressarem com o licenciamento ambiental, no caso da cultura da cana.
Nesse período, em alguns casos, como o do senhor Assuero Veronez, não houve plantio de cana. Ele optou pelo plantio de milho e, atualmente, com soja, sem o devido licenciamento ambiental.
Diante disso, determinação do Ministério Público Federal, que foi acionado pelo IPHAN, foram realizadas novas vistorias e se constatou que os plantios estavam sem o licenciamento.
Face às situações, os proprietários foram notificados e receberam multas administrativas por estarem sem licenciamento ambiental da atividade agrícola, com o valor de R$ 1 mil.
Após ingressar com processo de licenciamento da atividade, a propriedade fica desembaraçada até a expedição da licença.
Trabalhar com a verdade, portanto, sempre é caminho para colher bons frutos.
O senhor Assuero Veronez deveria, a bem da verdade, dizer que as iniciativas partiram de dois órgãos federais. A instância estadual não poderia deixar de cumprir com a sua missão, sob pena de prevaricar.
Finalizo dizendo que Assuero Veronez, que é eterno presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Acre, faz parte do Conselho Estadual do Meio Ambiente, criado em 2008, que estabeleceu as regras . Ele, melhor do que ninguém, sabe o que deve ser feito.”

Leonildo Rosas

Com Informações do Blog do Altino:

Acre entra na rota da soja e ministro Blairo Maggi vem incentivar produção

Leia também:

Pra que soja se temos peixe?

 

 

 

ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.