Rio Branco, Acre, 27 de novembro de 2020

Em Cruzeiro do Sul, jovem é condenado a 12 anos após assaltar loja de conveniência e balear policial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O jovem Edson Cardoso Cavalcante, de 20 anos, foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por assaltar uma loja de conveniência de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, no dia 28 de abril do ano passado. A condenação foi divulgada nesta terça-feira (20) pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC).

Conforme a Justiça, o rapaz entrou no estabelecimento armado e anunciou o assalto pedindo que a atendente entregasse o celular e a quantia em dinheiro do caixa. Um policial estava à paisana no local. Houve troca de tiros e tanto o policial como o assaltante foram atingidos.

Cavalcante, segundo o TJ, confessou o crime, mas alegou que efetuou os disparos em legítima defesa e que estava sob efeito de entorpecentes.

Na decisão, o juiz Hugo Torquato reprovou a tese de que o acusado teria efetuado os disparos em legítima defesa. Cavalcante, de acordo com a publicação, não possui antecedentes criminais. Mesmo assim, o magistrado negou o direito de apelar em liberdade.

Na época do crime, a polícia informou que um outro suspeito conseguiu fugir. A dupla teria chegado à loja em uma moto. Após anunciarem o assalto, um deles pegou o dinheiro do caixa e os telefones celulares das pessoas que estavam na loja.

O delegado Alexnaldo Batista, que investigou o caso, chegou a dizer que Cavalcante era suspeito de cometer vários assaltos pela cidade.

Informações G1/AC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.