Rio Branco, Acre, 1 de dezembro de 2020

Governo vai chamar 100 novos agentes penitenciários para fortalecer o sistema

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Em reunião na Casa Civil na manhã desta terça-feira, 8, o governador Tião Viana anunciou que o Estado se prepara para convocar 100 novos agentes penitenciários provisórios a fim de reforçar o sistema prisional na capital.

A convocação deve ser realizada junto ao concurso simplificado já realizado no último ano, além da cessão de agentes do Instituto Socioeducativo (ISE). A medida é necessária para que haja um maior controle do Estado no Sistema Penitenciário, visto que a cada ano o número de reeducandos no Acre aumenta em cerca de 700 pessoas. Hoje, só os presos provisórios [que aguardam o julgamento reclusos] são mais de 2 mil.

Segundo o diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, o Estado tem trabalhado para possibilitar melhores condições do ponto de vista estrutural e de recursos humanos. “Estamos reforçando nossa equipe para fazer esse enfrentamento e controle de nossas unidades prisionais. Temos também a abertura de novas vagas no sistema, e com isso todo esse trabalho sai fortalecido”, salientou.

Carvalho reforça ainda que o governo de Tião Viana criou diversos projetos focados na ressocialização e já construiu quase três mil vagas prisionais nesta que foi a maior ampliação dentro do Sistema Penitenciário Estadual já feita no Acre.

Cerca de R$ 60 milhões oriundos do Fundo Penitenciário, uma luta dos governadores do Brasil junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à União, estão sendo investidos em melhorias, o que deve impactar na abertura de mais de duas mil vagas nas unidades prisionais. Os recursos aplicados em obras de reforma e ampliação também contemplam a construção de novos alojamentos para agentes em todas as unidades do estado. Segundo aponta o cronograma, até outubro deste ano devem ser entregues 90% de todas as obras em andamento.

Paralelamente, o governo concedeu reajuste salarial e valorizou a categoria dos agentes penitenciários. Em 2008, o salário de um agente penitenciário era de R$ 1.808. Hoje, dez anos depois, subiu para R$ 5.500. A gestão também assumiu o compromisso de qualificar 100% do efetivo profissional, destinando recursos a capacitações e formações.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.