Rio Branco, Acre, 22 de outubro de 2020

Gerlen Diniz acusa imprensa por sua queda da liderança na Aleac

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Após ser trocado por Luiz Tchê (PDT) na liderança do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Gerlen Diniz (Progressistas) acusa a imprensa por sua queda. A declaração dada em entrevista nesta semana ele afirmou: “Eu saí da liderança porque a imprensa me tirou e o governo não desmentiu”.

O fato é que, durante as discussões para a criação da CPI da Energisa, Gerlen, que ainda era líder, não conseguiu convencer todos os colegas de base de irem contra a vontade do povo. Durante as sessões que ocorreram discursos pesados contra o governo por causa do preço da energia, Gerlen não apareceu na tribuna da casa.

Tchê foi convidado na última segunda-feira, 6, pelo governador Gladson Cameli para assumir a liderança. Durante toda essa semana, Gerlen não tem escondido o sorriso, tem feito até mesmo brincadeiras com seus colegas do Bloco Unidos pelo Acre (Bupac), tirando foto com óculos escuros. Fato que gerou discussões na casa, por parte de Nenem Almeida (SD).

Acompanhe tudo na coluna O Parlamento

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.