Em Rio Branco, povo Huni Kuin caminha pelos direitos indígenas

Com parte da Assembleia Geral Ordinária do Povo Huni Kuin, indígenas acreanos marcham pela cidade de Rio Branco na manhã desta quarta-feira, 22. O grupo está reunido na capital para debater entre diversos temas, incluindo a união de seu povo para manter as tradições e cultura nas futuras gerações.

Os povos indígenas vivem um momento de muita tensão, com ataques do governo Federal a direitos e conquistas feitas ao longo dos últimos anos. No âmbito estadual, o governo extinguiu a Assessoria Especial para os Povos Indígenas e criou, com a nova reforma, uma coordenação que deve ficar na Secretaria de Assistência Social.

“Nessa nova estrutura do governo, alguns projetos e programas estagnaram. Não sabemos exatamente o que está ocorrendo. O estado, até hoje, não nos informou como vai proceder com as política públicas. Mas nós queremos dialogar, queremos políticas públicas”, afirmou Ninawá, presidente da Federação do Povo Huni Kuin do Estado do Acre.