Deputados de oposição querem adiar votação da Previdência

Os deputados de oposição querem que a votação da reforma da Previdência do Acre seja adiada para 14 de dezembro. A data aprovada em acordo com os governistas é 26 de novembro.

A oposição alega que o Congresso Nacional está neste momento debruçado à votação da chamada PEC paralela, que inclui Estados e municípios na reforma da Previdência.

As novidades na PEC podem gerar algum impacto no texto que está em tramitação na Assembleia Legislativa do Acre e, para os oposicionistas, seria prudente aguardar o desfecho da PEC paralela para saber se haverá ou não necessidade de mudanças na reforma acreana.

A mobilização oposicionistas já reduziu impactos considerados negativos para os servidores dos Três Poderes, mantendo benefícios como a 6ª Parte ou a Licença-Prêmio, para exemplificar.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.