Rio Branco, Acre, 30 de outubro de 2020

Com preço médio de até R$ 477, emplacamento no modelo Mercosul inicia no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

As placas padrão Mercosul começaram a ser implantadas no Acre a partir desta segunda-feira (20). Para obter o novo emplacamento, o motorista de carro vai precisar desembolsar até R$ 477 para ter o serviço pelo Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran-AC) e pelas estampadoras.

É que houve um aumento no valor pago às estampadoras, responsáveis por colocar as placas, segundo a presidência do Detran-AC. Anteriormente, o motorista pagava R$ 190 pela placa cinza do carro, mas, vai ter que desembolsar entre R$ 250 a R$ 270 para ter a placa do Mercosul.

Além desse valor, é necessário ainda pagar para o Detran-AC a taxa de emplacamento no valor de R$ 153,40 e a vistoria que custa R$ 54,47. O diretor-presidente do órgão, Luiz Fernando Duarte, disse que agora o motorista não precisa pagar pelo lacre da placa, que custava R$ 37.

“O cliente paga para o Detran a taxa de emplacamento e a vistoria, mas o valor da estampadora é uma negociação entre o cliente e a empresa, que fica entre R$ 250 a R$ 270. Não vai ser mais cobrado o lacre porque para colocar a placa do Mercosul não precisa de lacre”, explicou.

Motos

Para motos, houve aumento também apenas para as placas, que fica entre R$ 140 a R$ 150. Antes, era cobrado uma média de R$ 89 pela placa cinza. O motociclista precisa pagar também a vistoria e a placa de emplacamento da moto para o Detran.

Agora para quem decidir ter a placa do Mercosul, mesmo sem obrigação, os valores são outros. O solicitante paga uma taxa de R$54,47 pela abertura do serviço. Tem ainda o pagamento pela segunda via do Certificado de Registro de Veículos (CRV), que custa R$108,14, e o valor da placa estipulado pelo estampadores.

Para os procedimentos, são necessários documentos originais com foto e cópias, nota fiscal dos veículos, CRV e a vistoria do veículo, feita na Unidade de Vistoria do Detran em Rio Branco e nos municípios o procedimento é feito nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans).

Placa Mercosul

O novo sistema de identificação de veículos é obrigatório para o primeiro emplacamento e também para quem tiver a placa antiga e mudou de município ou o veículo de propriedade. O motorista que já tiver seu carro ou moto também pode trocar a placa, mas também deve pagar pelo serviço

Com constantes idas e vindas, as placas do Mercosul deveriam começar a ser utilizadas em todo o Brasil até o final de dezembro de 2018, com prazos diferentes para cada estado, sendo que no Acre seria até o dia 24 de dezembro do ano passado.

O novo padrão tem 4 letras e 3 números, diferente do modelo usado até então, com 3 letras e 4 números.

Outra diferença é que a cor do fundo das placas será sempre branca. O que varia é a cor da fonte. Para veículos de passeio, cor preta, para veículos comerciais, vermelha, carros oficiais, azul, em teste, verde, diplomáticos, dourado, e de colecionadores, prateado.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.