Rio Branco, Acre, 23 de outubro de 2020

Americano pede que juiz autorize luta de espadas com ex-mulher para decidir divórcio

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um americano de 40 anos pediu a um juiz do estado de Iowa autorização para que ele resolva uma disputa judicial com sua ex-mulher e o advogado dela em uma luta de espadas.

David Ostrom, de Paola, Kansas, diz em seu pedido, datado de 3 de janeiro, que sua ex-mulher, Bridgette Ostrom, de 38 anos, e o advogado dela, Matthew Hudson, o “destruíram legalmente” em uma disputa sobre custódia e direitos de visitação e pagamento de impostos sobre propriedade.

Ainda de acordo com Ostrom, o juiz teria o poder de deixar as partes “resolverem a disputa no campo de batalha, legalmente”. Ele acrescenta no pedido que um julgamento por combate “nunca foi explicitamente banido ou restrito como um direito nos Estados Unidos”.

O requerente também solicita um período de 12 semanas, para que possa providenciar espadas samurai japonesas.

Ostrom disse ao jornal “The Des Moines Register” que sua ex-mulher pode nomear o advogado para lutar em seu lugar.

Já Hudson, o advogado, argumenta que, como um duelo poderia terminar em morte, “tais ramificações provavelmente superam aquelas de questões tributárias e de custódia” e por isso solicita que o juiz rejeite o pedido.

O juiz Craig Dreismeier diz que não irá emitir uma resposta em breve, citando irregularidades nas moções e respostas dos dois lados.

  • Fonte: IG.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.